quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Vagando na escuridão...



Eu vejo seus olhos, tão tristemente encantador

Eu sinto seu olhar, tão morto e confinado

Eu nunca me senti por dentro

Tão sozinha na minha vida

Como eu vagueio através da escuridão

Eu tenho te procurado por toda a minha vida

Pra você fazer eu me sentir viva

Como eu vagueio através da escuridão

Toda a minha vida eu esperei por isso

Toda a minha vida eu desejei por ti

Agora que te encontrei

Não te deixarei ir sem mim

Agora não vou vagar mais na escuridão sozinha

Mas sim sentindo o calor do teu abraço...

No seu abraço...



Caminho para muito além

Dentro de mim

Onde me escondo pra ficar sozinha

Para a meu amado

Às vezes eu preciso de espaço

Por favor tente ir embora

(Comigo)

Encha minha vida inteira

Com seu coração dourado

Você é meu suicídio

O mais doce de todos

Amacie minha queda

Através de todos esses medos

Quando eu tentar ir embora

Você será meu amado

No seu abraço eu cairei

Lá eu estarei seguro e não sozinha

Nada é para sempre...



Não há nenhum desejo afinal

Tudo se foi com seu amor

E eu estou esvaecendo lentamente

Eu sempre pensei que você seria meu

Até o fim

Mas você está tão longe de mim

Eu vou conseguir de volta o que perdi

Ninguém mais irá governar meu mundo

É o único jeito de ficarmos juntos..

... Em meus sonhos

Não tenho a força de vontade de ser forte

Eu desmorono sem seu amor

Sou a metade da mulher que costumo ser

Eu sei certamente que a emoção se foi

Mas eu ainda estou queimando por você

Começo a duvidar do meu estado mental

Me deixe ficar para sempre com você!



A graça dele, o amor dele eu adoro

Para ele eu não cometo erros

Suas asas eu penso ter visto

Ele é tão forte

Deixe-me ficar para sempre com você

Eu não quebrarei seu coração, não tenha medo

Nós dois em meu sonho

Você é minha estrela

Nós nunca deixaremos este lugar

Estamos apaixonados

Me sinto tão bem ao seu lado


Me sinto tão feliz com seu amor


Sou feliz com vc ao meu lado


Quero ficar com vc pra sempre meu amor

É tempo...



Nessa vida, eu estou procurando por razões

Como aprender a realizar,

Coisas que sentimos por dentro

Oh, por que eu tenho essas estranhas emoções?

E as respostas que eu encontrei

Não São o bastante pra mim...

É tempo de buscarmos por mais

É tempo de buscarmos por amor

Bem, é tempo de realizar o que queremos

Porque é tempo de realizar o que queremos

E agora eu tenho reunidas todas as respostas

Agora eu aprendi a realizar, aprendi a deixar ir

Levante-se, assim você pode sentir

Minha busca chegou ao fim, ou apenas começou?



segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Encarcerada



Essas são as mais negras nuvens

Agora eu me encontro sozinha

presa em uma gaiola

Não há flor a ser achada aqui

Sem murchar ou empalidecer para mim

Todo o mundo com um rosto amigável

Parece esconder algum segredo por dentro


Meu coração está coberto com pensamentos emaranhados

Como pude achar que era tão real?

Há um lugar mais solitário do que o meu interior?

Eu poderia ter visto?

Eu poderia ter sabido?

Eu apenas tomei como verdade

Todo o mundo com um rosto amigável

Parece esconder algum secredo por dentro


Ele falou que me amava

Ao mesmo tempo ele ria na minha cara


Ele apenas me desencaminhou

Ele tirou minha virtude

Eu me sinto tão fria por dentro


A tristeza congelou minha mente


Sempre lá para me lembrar

Para me impedir de acreditar

Que alguém pode estar lá

Alguém que me libertará e nunca mais me abandonará


Eu quebro todas as lágrimas em você

Por nenhuma hora

Uma cura será sempre minha

Quando o destino for agora

Nas asas silenciosas eu monto

Para voltar

Seu coração sangrando deve queimar

Para comemorar nossas falhas

Eu juro que voltarei

Algum dia

Trazendo toda cinza de longe

Esquecendo de acordar

Venha, destino

Venha,solidão

Eu vejo



Vejo nos teus olhos tão profundo

as durezas que este mundo

te deu pra carregar

vejo também, que sentes

que tem amor, para dar

Perdi-me na vida achei-me nos sonhos

a vida que levo não é a que quero,

não quero mais nada

Quando a terra se acabar

você vai chorar não adianta mais

vendo esta terra não compensa

rezando na presença de um gigante

Teu retrato é poeira luminosa,

nebulosa brilha tanto e ninguém vê

era um mundo tão bonito

caprichado de milagres

Deus gostava de florir

Sonhando Acordado


"Caminhando sozinho,

Na rua de casa,

Eu ouço um ruído

e não era nada.

Eu vivo em um mundo

Um mundo assombrado.

Onde as pessoas,

não são o que acham.

Penso no futuro,

esqueço o passado,

Eu vivo o presente,

num mundo isolado.

Trancado em meu quarto

Eu fico pensando,

Viajando em um vazio

Deste mundo insano

Eu nunca me iludo

Nunca me abalo

E sempre me vejo

Sonhando acordado

Caminhando sozinho,

na rua de casa,

Tudo esta fluido,

sem contos de fada.

Eu vivo em um mundo,

um mundo calado.

Onde as pessoas,

não dizem o que acham

Eu nunca me iludo

Nunca me abalo

E sempre me vejo

Sonhando acordado"

Adeus


Nunca pensei que um dia


Tudo pudesse acabar


O meu destino era outro


Eu não nasci pra te amar


Às Vezes agente se engana


Pensando encontrar um amor


Vivendo feliz algum tempo


Seguindo ao encontrar da dor


Adeus vida minha


Adeus pra nunca mais


Vou ficar sempre sozinho


Vou viver sem teus carinhos


Aqui não voltarei jamais


Aqui desencontrei minha paz


Agora vou viver sem você


Agora vou tentar te esquecer


Amanhã



Amanhã, acordarei bem cedo.

Amanhã, eu vou estar sem medo.

Acordarei e irei te procurar,

E vou falar o que não quer escutar

Hoje, estou só pensando.

Hoje, eu fico esperando.

Estou pensando o que eu vou falar

E esperando o dia chegar

Ontem, estava sofrendo.

Ontem, não estava dizendo.

Sofrendo, pelas coisas que você me disse.

Não dizendo, o que queria que você ouvisse.

A partir de hoje, vou tentar te esquecer.

A partir de hoje, não quero mais te ter.

Ontem, você me surpreendeu.

Amanhã, não vou ser mais seu.

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Partindo está um pedaço de mim...



Hey, por que você está indo embora.

Você nunca vai sair da minha memória

Meu melhor amigo está partindo.

Partindo junto a ele está um pedaço de mim

Eu sei que com o tempo vou esquecer

De todos dias que passei com você

Mas não, eu não quero isso

"Hoje, tento esquecer que já logo

Nunca mais vou te ver

Não quero saber

Qual será a ultima vez em que eu vou ver você"

Fico olhando os dias passarem,

Não quero ver

Esses momentos chegarem

Mas sei, que infelizmente vão estar aqui.

Não quero lembrar que estarei longe de ti

partindo está um pedaço de mim...


ADEUS PHILLY ( IN MEMORIAN)

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Indecifrável


Recolhi as folhas secas,
trazidas pelo vento,

Passei horas sem dormir,
traída pelo tempo.

Você diz que não sou eu,
o monstro que te devora

E você ainda se preocupa,
com o que está lá fora

Decidi te guardar no fundo de um coração

Indecifrável, a vida continua sem explicação

Pare de tentar me decifrar, não posso ser descrita

E não vá tentar se aproximar, isso tudo me irrita

Tanto tempo se passou e você ainda não acertou

Não vá gastar agora a sorte que te restou

Com os seus afagos, me trazendo laços

Sem pedir perdão

Com pequenos atos, com os seus abraços

Com as suas mãos

Decidi te guardar no fundo de um coração

Indecifrável, a vida continua sem explicação...

Triste fim!


Eu escutei os seus gritos

Sempre esperei por isso

Decidi não ir na direção

Por que perder meu tempo

Se já não tenho mesmo

Escorrendo pelas minhas mãos

Tô cansada desta vida

Mas não vejo saída

Pra poder me aliviar

Mas eu não tenho pressa

Sinceridade inversa

Dá vontade de gritar

Eu escrevi nossos nomes outra vez

Acho que o costume me enlouqueceu
Quem decidiu apagar nossos risos?

Triste fim, mas foi preciso

Outra história que não aconteceu...

Cada passo meu...




A chuva escorre sobre minha pele


Mas sinto sua tristeza tocar meu coração


As gotas caem, contam minha história


A frieza de uma mágoa me fere

Mas como evitar que acabe aqui



Se esse medo vem de tempos atrás, vem de mim


E se a cada passo meu, tivesse que voltar


A dilacerar meu coração

Se os passos para frente não tiverem direção



Se as rosas chorarem, despedaçarem a ouvir um não


Se o fim do carinho deixar sozinho o sonhador


Pra que aprendesse o que é viver sem amor


Pra que aprendesse o que é viver com a dor da solidão


Lagrimas ao Vento


Hoje foi o dia que não quis ouvir ninguém

Já são duas horas e eu pretendo ir mais além

Embora eu saiba que você não vai voltar

Conto os suspiros esperando você chegar

Olho para onde sei que não há nada mais

Porque o vazio do meu quarto já não me satisfaz

Quando as paredes cansarem de te ouvir

Saberá que é a hora de partir

Quando a cidade inteira silenciar

E as histórias estiverem fartas de se contar,

É pq você está vazio

E os seus gritos ecoarão a noite

Quando passar o frio

Quando os caminhos te levarem a um lugar só

E as cortinas do teu quarto queimarem, virarem pó

Deixe o vento carregá-las para longe daqui

Embora seja mais pesado q o próprio sentimento

É ele q irá secar as suas lágrimas ao vento

Te procurandoooo



Como pode alguém como você

Se transformar no que se tornou

E não mais pensar que hoje

É tão importante pra você

A vida não é tão simples assim

Pra deixar passar

Mas esse não é o melhor jeito de agir

As lembranças que deixou

Nunca mais vou esquecer

De um mundo que é só seu

Como posso saber

Se o dia de amanhã

Vai ser tão lindo

Como hoje foi

Me trocou pela incerteza

De um dia que ainda nem nasceu

Mais e agora o que vou fazer sem você aqui

O que vou fazer aqui ????????

E se me encontrar em outros braços

Não me culpe mais
Pois estarei te procurando

Dentro de outro alguém...

Minha Vida é um Mito sem você!


Estou caindo na escuridão sem você.
Perdida, já não sei mais o que fazer.
Já me esqueci como é viver sem você.
Minha vida é um mito sem você.
Toda verdade é que nosso sentimento acabou.
Os remédios já não fazem mais efeito.
Pois meu vicio é sua presença.
Tento acabar com minha vida já sem sentido.
Mas na beira do abismo me lembro de você...

Vazia me tornei...


As vezes a morte é a única coisa que consigo ver.


Está em todo lugar me consumindo.


E então chega o momento que eu tenho que parar.


Olhar em seus olhos e enfrentar todos os meus medos.


Neste caminho sem volta eu devo permanecer.


Sem nunca saber o que vai acontecer.


Meu amanhã é um mistério pra mim.


Perdido neste drama que não tem fim.


Quando olho no espelho já não vejo mais ninguém.


Marcado pela dor eu não consigo ir mais além.


Dentro dos meus olhos já não existe esperança.


Desde então Vazia eu me tornei.


Sou seu desespero assim como seu desejo.


Em minhas mãos pela morte você irá pedir.


E no último instante você vai me amar.


Pois na paz eternamente você vai estar.

Das Cinzas te salvei


It never gives up its dreams

It believes, everything can move!


A vida é feita por desencontros

E fica difícil encontrar uma solução

Para apagar todas ás mágoas

Que machucam o coração

Mas sempre existe a esperança

Que nada vai ficar em vão

Não tenho nada à dizer

Espero apenas seu perdão

Lembre-se dos momentos

Impossíveis de esquecer

Nós dois juntos de mãos dadas

Esperando o sol nascer

O brilho dos seus olhos

Me fazendo acreditar

Que contigo ao meu lado

Tudo posso conquistar

Eu estou esperando por você

E por sua decisão

Não me deixe aqui sozinho

Com toda essa solidão

Não fexe seus olhos

Fingindo não lembrar

Que das cinzas te salvei

Te fazendo Acreditar

Mas sempre existe a esperança

Que nada vai ficar em vão

Não tenho nada à dizer

Espero apenas seu perdão...

Vou Deixar tudo para trás


Já não sei o que aconteceu com você

Eu to me perguntando o porquê

As promessas não passavam de ilusão

E só serviram pra sangrar meu coração

Vivo vagando solitário por ai

Uma garota que não sabe mais sorrir

O que e certo já não posso responder

eu to querendo

Ou tentando te esquecer

Será que nada vai mudar

Você querendo machucar

Eu to cansada de sofrer

Não da mais pra gente se entender

Pensamentos voam longe sem parar

Não tem dia não tem horas pra acabar

O amor que tanto quis eu não ganhei

E tomou rumos que jamais imaginei

Após dias percebi o jogo seu

Aventura passageira nada mais

E pra você meu sentimento eu guardei

Nem que não queira vou deixar tudo para trás...

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Você se foi...



Você se foi


E eu nem disse que te amava


Parece tão, fácil


Mas eu nunca consegui


Você me pediu, para ser feliz


Não gosto de ver você tão triste


Mas, longe de mim tu me maltratas


O coração, sinto a falta, da tua voz


Me pedindo para ser feliz


Mas como posso evitar


Sem ter você pra mim


Sem ter você... pra me lembrar!

Velhas Feridas


Outra vez...

Pisei velhas lembranças

Num descuido fácil de evitar

Quem jamais tocou velhas feridas

E as viu sangrar?

Entre a poeira, uma velha porta

Eu não queria chorar agora,

Mas encontrei sua foto.

E agora?

Cada vez que penso no passado,

Posso ter motivos pra chorar

Toda vez que toco as feridas,

Vejo você voltar

terça-feira, 29 de setembro de 2009


Estátuas de mármore

Paredes riscadas

Vida selvagem

Um corpo sem alma

A rosa que nasce

Portanto semeia

Espinhos que ferem

Uma vida inteira

Um corpo ferido

Uma vida em risco

Teu vício esquecido

Em meio ao vão

A lágrima que cai

Não é verdadeira

Com a solidão

Sem compaixão

Com teu mundo perdido

As noites não tardam mais...

Tanto faz o dia

Teu verso é bom,

Mas não compensa minha alegria

Me sinta leve, leve

Dentro do teu corpo, alguém

Que na tua mão passava assim o tempo:

Instante de estrela, muro de fel

As chaves não cabem mais

Não há mais janelas

Eu já rasguei teu endereço

Eu não tenho pressa

Ele nunca mais quis me convencer

De que já não estava aqui

Enfim, você me escondeu

Que tudo era só compaixão

Sem paixão

domingo, 6 de setembro de 2009

Eu tenho que tentar...


O mundo não parece o mesmo

Apesar de saber que nada mudou

Tudo isso é apenas meu estado mental

Eu não posso deixar tudo isso para trás

Tenho que me levantar para estar mais forte

Tenho que tentar

Para me libertar dos pensamentos em minha mente

Usar o tempo que tenho, eu não posso dizer adeus

Tenho que fazê-lo corretamente

Tenho que lutar

Porque no fim isso valerá

Que a dor que eu sinto devagar desvaneça

Isso estará tudo bem

Eu sei que deveria perceber

O tempo é precioso, isto é o que vale

Apesar de como me sinto por dentro

Tenho que confiar que estará tudo bem

Tenho que me levantar para estar mais forte

Essa noite é tão longa

Não tenho força para continuar

Sem mais dor estou caindo

Através da névoa vejo o rosto

De um anjo, chama meu nome

Eu me lembro que você é a razão que eu tenho para ficar

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Eu sei...


Sei que vai seguir

Todos os meus passos

Por mais longe que eu estiver

Por onde eu for passar

E se decidir
Nunca mais voltar atrás

Mesmo se o desejo for mais forte que a razão

Pelo menos assim

Eu possa te encontrar

Ao em vez de fugir

E aceitar que nunca mais vai voltar

Quando o seu medo voltar

E se perguntar

Qual dos segredos contar

Se não há mais ninguém pra te ouvir

Sei que vai dizer

Aos seus falsos amigos

Tudo não passou de um erro

Desde que eu cheguei

E se conseguir

Mentir pra si mesmo

Mesmo com a saudade

Te matando a cada dia mais

Pelo menos assim

Eu possa te odiar

Ao invés de sentir

O que você insiste em recusar

E quando mais precisar...

E mais longe eu estiver

Quanto tempo for levar

Pra perceber que nunca vai voltar...

sábado, 15 de agosto de 2009

A Única...


Eu não estou aqui para arruiná-lo

Eu estou aqui para salvar sua alma

Eu não estou aqui para feri-lo

Eu não quero que você perca o controle

Eu sou o molde de sua vida

Eu sou a semente de sua mente

Eu serei seu sonho, eu serei sua estrela

Você não consegue ver que eu sou a única?

Eu serei seu ódio, eu serei seu amor

Você não sabe que eu sou a única?

Eu não estou aqui para usar você

Eu estou aqui para domesticar sua alma

Eu não estou aqui para te responsabilizar

Eu estou aqui para jogar seu papel

Eu sou a forma de sua vida

Eu sou uma ilusão de sua mente

Eu serei seu sonho, eu serei sua estrela

Você não consegue ver que eu sou a única?

Eu serei seu ódio, eu serei seu amor

Você não sabe que eu sou a única?

Eu serei seu sonho, eu serei sua estrela

Você não consegue ver que eu sou a única?

Eu serei seu ódio, eu serei seu amor

Você não sabe que eu sou a única?

O sangue de sua alma...


Ouça esse sussurro silenciosamente

transformar-se em lamentos

O olho da tempestade quebra o silêncio

Logo nós teremos ido

Nós todos vamos queimar

Sim, nós queimaremos

Ouça esse som de alívio

chegando com a chuva

Sangue de sua alma,

lavará para longe sua dor

Nós mentimos para acreditar

que nos escondemos

Nós gritamos para liberar...

de qualquer forma

Você sabe que há uma mágoa

Dentro do seu coração

e que precisa ser quebrada

Se você conduzir seguirá

Onde quer que você tente colocar

Você cobre todos os seus medos

Isso cria sua dor

Demônios te trarão mal agouros

Até que você se quebre!

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Eu rogo...


Eu durmo para sonhar distante,

penetrado em um sonho

Eu sinto uma brisa soprando em minha mente

Eu ouço- me chamar,

Ele coloca tudo em ruína

E sufoca tudo que eu amo

Eu rogo para que algum dia o sol me ilumine

Eu danço toda a noite sobre a pálida luz da lua

Estou deslizando em seu pecado,

a dor é moldada de lado

Eu acho que é hora de deixar tudo para trás

Eu estou em um anel de fogo,

tudo que é meu se foi

Perdida para sempre,

oh, por favor, liberte-me

Eu rogo para que algum dia o sol me ilumine

Eu danço toda a noite sobre a pálida luz da lua

Eu rogo para que algum dia o sol me ilumine

Eu danço toda a noite sobre a pálida luz da lua

Eu estou perdendo a fé de quem eu sou, assim...

Eu rogo para que algum dia o sol me ilumine

Eu danço toda a noite sobre a pálida luz da lua

Eu rogo para que algum dia o sol me ilumine

Eu danço toda a noite sobre a pálida luz da lua...

Até o fim!



Eu conduzirei você até o oceano

Eu mostrarei a você minhas mais sombrias ações

Eu sinto como se estivesse perdendo minhas emoções

Quando nós caímos dentro do lago
Nós iremos nos afogar

Dentro deste amor

Você pode decidir

Eu estou me prendendo a essas emoções

Não há cura para o amor

Acho que estou perdendo minhas devoções

Então, eu derrubo minhas lágrimas dentro do seu coração...

Me de sua mão... fique comigo até o fim!



quinta-feira, 16 de julho de 2009

Através do sol...


Eu ficarei olhando através do sol

Eu nunca me senti assim antes

Tudo que nós sabemos está

Perdido dentro do nada

E tudo que nós sentimos está aqui

Aqui dentro deste vazio

A dor está ficando forte

Ela está ficando mais forte do que eu

Mas eu nunca perderei minha fé em você

Eu não posso trazê-la de volta

(Embora eu tente)

Eu joguei tudo para longe

Aqui eu estou ao lado do anjo da traição

Eu ouço vozes chamando meu nome

Assim, distante você se transformou

e está me assustando

Eu errei, mas você poderia me perdoar?

Você me viu chorando

Você me viu morrendo

E perdendo toda a minha fé...

Sem você...


Eu escondo meus pensamentos

Atrás dessas verdadeiras mentiras

Assim, eu cresço

Nenhum sentido de tempo

Estou perdido dentro de minha cabeça

Assim, eu jogo minha vida pra longe

Eu tenho dado tudo pra ti

Estou perdido por dentro

Sem você eu não sou livre

E por seu amor

Estou me esforçando no meio

Eu escondo meus pensamentos

Atrás dessas verdadeiras mentiras

Este é meu feitiço

Contigo minha vida é

Tão sagrada e segura

Por muito tempo eu viverei contigo

Quantas vidas eu tenho que viver

Sem seu toque em minha pele?

Quantas lágrimas eu tenho que chorar

Sem você aqui do meu lado?

Meu Amor


Mais perto meu amor

Me leve com o teu calor

Oh, como estamos com medo

Eu prendo minha respiração

Tento esconder minha dor

Aqui no teu abraço

Só assim essa dor seria finita

Nessa hora quero que você

seque todas as tuas lágrimas

enquanto fazemos...amor...

pela última vez

Recoloque o teu coração no meu...

Profundamente

Por favor, fique comigo por toda a noite

Eu enxaguo meu rosto

Com tuas lágrimas

Lágrimas demais para o final

Querido, por favor, não chore

Prenda tua respiração

Tente esconder tua dor

Aqui no meu abraço

Só assim essa dor seria finita

Fuja sem dor

Nos meus sonhos

nos encotraremos de novo

Por você eu vivo,

eu morreria por você

Você ficará no fundo no meu coração...

Eu não posso ser livre!


Você me arrastou

para dentro do desconhecido

Dentro do desejo do amor

você me fez vender a própria alma

Agora que você se foi

Eu perco a minha crença

Com ou sem seu amor

Eu não posso ser livre

(Eu caio dentro de meus sonhos)

Acaricie meu coração

e faça-me por inteiro

Porque é a única forma

de sustentar meu autocontrole...

Ouvindo as vozes que ninguém está falando!


Eu sei que eu estou só,

mas alguém está me assistindo

Me segue

em todos os lugares que eu vou

Um fluxo frio

me pegou de surpresa novamente,

eu tremo

A presença de algo,

eu posso ouvir sua respiração

Me deixe só,

de onde quer que você venha

Ouvindo tantas vozes,

ninguém está falando

Me deixe só

Correndo por algo, nada,

no negro da noite,

Rastejo ao seu redor,

a força invisível que te faz louco,

Eu não posso me lembrar

como é estar aquecido, estar só,

Sem aquele medo profundo

Ícones de flutuação da morte além de mim

Sussurrando meu nome e respirando meu medo

A ameaça de loucura

Grito de vozes interiores

para agir indefeso como eu sou

Perdida no paraíso suposto

Eu não estou seguro...


Vc criou esse mundo...


Eu segui suas regras

Um tolo disposto

Marcado pela vergonha

Minha alma sofre com sua hostilidade

Carrego muitas cicatrizes,

que me machucam profundamente

Tempo para mudar temos que arranjar

Isto já foi longe demais, longe demais

Criando novas leis e vivendo de regras não escritas

Restringindo-nos

Minha alma sofre com sua hostilidade

Eu não posso deixar passar

Criando novos sentidos

no credo antigo para ajustar às suas vistas

Negando-nos

Você criou este mundo

Onde a honestidade não é permitida

Criou este mundo

Onde a ignorância está sendo ensinada

Você criou este mundo

Enquanto eu sou tudo

que você nunca será

Você tem perfurado estas tais filosofias

falso-baseadas...em mim.

A cortina caiu

Não há ninguém atrás

Um erro corrigido

Mas eu ainda estou à volta

Nossa luta acabou

Minhas cicatrizes deixarão uma mancha

Você pensa que foi tudo fácil

Mas eu imóvel remanescerei

Você criou-seB

aseado em nada além de mentiras

Você criou-se

Mas toda sua aspiração morreu

Você criou este mundo

Enquanto eu sou tudo

que você nunca será

Você me enganou

E Agora estou forçando-o a ver...isso.

Pegue minha mão, estou afundando,

estou procurando por você

Você não pode ver o que você fez a todos nós?

Me torturar não funciona mais aqui...

A dança...


Quando a Escuridão reinar e cegar a todos nós

Devoção irá nos cegar se nós não tombarmos

Não podemos dizer quando a manhã virá

Existe uma escolha para viver outro dia?

É difícil encontrar uma nova direção em sua vida frágil

O tempo precioso de sua existência

Está para chegar

Não jogue fora sua vida enganando o tempo

Placebos açucarados apenas enganam a mente

Agora eu quero a água

Para lavar todos os meus pecados

O vento para soprar pra longe

Meus pensamentos sem sentido

O fogo para consumir minha pele espessa

Devemos abrir novas portas

O que é o espaço, o tipo de dança?

Não posso dizer quais passos devo tomar

Eu gostaria de partir, apenas fugir

Meus pés estão amarrados

Tão difícil encarar o ritmo do relógio

O que você acha; ele irá alguma vez parar?

Então, irei cair e não levantar?

Eu entendo tudo isso a passos largos

Tudo tem uma razão para acontecer

Não consegue dizer

Se são suas próprias palavras e

Todos têm que dançar sua dança como alguém

Não consegue se libertar do destino

Nós devemos abrir novas portas

E fechar aquelas que deixamos pra trás...

O Dragão...


Liberte minha mente

Cure as minhas cicatrizes

Apague o passado

Dias negros para esquecer

E memórias para durarem

No meu coração

Me liberte agora

Me faça esquecer

E perdoar

O que não há utilidade

Para ir em frente e viver

Me mostre um caminho

Para o sol

Cure as minhas cicatrizes

Nada estará perdido para sempre

Memórias ficarão, e acharão seu próprio caminho

O que vai, voltará

Não negue seus medos

Então deixe-os ir e desmanchar-se em luz

Desista da luta aqui

Deixe meus olhos captarem

A beleza que há aqui

Que restou nessa terra

Meus ouvidos almejam ouvir

Uma melodia

Me dê visão

O veneno está lentamente fluindo pelas minhas veias

Levando a única dignidade que restava em mim

Eu pego-os e então deixo-os cair

Para te causar dor e golpear todos eles

Mais uma vida para viver é tudo que eu quero

Eu tirarei o júbilo de dentro deles

Cuidarei, eles todos serão amaldiçoados

Mais uma chance para sanar o dano que eu causei

O dragão está destruindo completamente o meu cérebro

Brinca com as minhas emoções, em um jogo sem fim

Mais uma vida para viver para mim

Eu quero só que a noite possa colorir o dia

E que a manhã possa expulsar todos os meus pesadelos

Não negue que somos todos seres humanos

Todos nós temos nossas falhas que podem nos tornar obscenos

Obscenos...Me dê o que eu quero!

Me dê o que eu peço agora!

É isso que eu quero!

É isso que eu preciso, consiga!

Liberte-me...

Memorias...


Meia noite, nem um som da rua

A lua perdeu sua memória?

Ela está rindo sozinha

Na luz das lâmpadas

as folhas secas se recolhem aos meus pés

e o vento começa a se afligir

Lembrança, totalmente sozinha a luz da lua

Eu posso sorrir nos dias passados

Eu era bonita então

eu me lembro

do tempo que eu conheci o que era felicidade

Deixe a lembrança viver novamente

Todas as lâmpadas da rua

Parecem piscar

Um aviso fatalista

Alguém murmura

E as lâmpadas da rua se apagam

E logo será de manhã

Luz do dia, eu devo esperar pelo nascer do sol

Eu devo pensar em uma nova vida

Eu devo partir

Quando o amanhecer se aproxima

Essa noite será uma lembrança também

E uma nova vida começará

Queimar os fins dos dias esfumaçados

O frio envelhecer cheira a manhã

As lâmpadas da rua morreram

Outra noite se acabou

Outro dia está nascendo

Toque - me,

É tão fácil de me abandonar

Sozinha com uma lembrança

Dos meus dias no sol

Se você me tocar

Você entenderá o que é felicidade

Olhe, um novo dia começou...

terça-feira, 14 de julho de 2009

Donzela da dor


Donzela da dor

Palavra tão bela e tão mortal.

Conseguimos assim nos manter em outro mundo,

palavras e carinhos... ilusões para entrar em outro mundo..

tão indesejado por alguns, medo de não saber aonde está pisando.

Fecho os olhos para não vê-lo,

o amor profundo de um coração cansado ...

sentimento tão profundo que parece escondido,

um coração magoado com as lágrimas do passado.

Volta a cada segundo uma lembrança temida...

de um sorriso maldito que me prendeu na solidão.

Maldito sorriso..

Noite


Morcegos e corujas alçam seus vôos,

os pombos se refugiam.
A brisa de corpo quente,

informe e envolvente roça os caules,

as copas das mangueiras.
Meu corpo andarilho levanta o pó da rua.
A luz opalada da lua banha as nuvens

esparramadas sobre o manto gasoso, difusando
Seus raios e projetando minha sombra errante sobre o asfalta duro.
Silêncio.
Meus próprios passos me seguem à retaguarda, retardos.
Ao longe se ouve o som
Dos escapes automotivos.
Cães ladram e se recolhem.
Espíritos rodopiam,
sussurram e gritam
reunidos nos cabos elétricos
do cruzamento da esqüina.
Almas atropeladas.
Me espiam, me seguem, me empurram.
Tropeço.
São fantasmas; são meus; são camaradas.
Alguém parece falar próximo.
Não dá para ouvir. De onde vem?
Ah! vem de cima; do alto.
São os astros. Estrelas ululantes,
planetas mudos, galáxias portentosas,
constelações festivas.
Ruídos surdos do infinito
que vibram os átomos atmosféricos
vindos do vácuo frio até os meus cabelos.
Minhas roupas, cúmplices do meu corpo,
me abraçam, me protegem, juram fidelidade
e subserviência até a cama.
Na minha chegada, o quarto escuro, denso, ar ocioso.
A luz vem e o denso ocioso foge com a sombra foge da luz.
A cama vazia, fria, desperta e me pergunta:
onde esteve? Por que demoraste?
Então me aproximo; sento-me ao seu lado e logo deito sobre ela,
e ela me abraça, me protege.
Nos envolvemos sob o lençol e colamos o rosto
doce amante e confidente. Dormimos.
O sol não tarda a dissipar toda essa bela fantasia.